Como tudo da errado quando precisa apenas continuar… normal.

      Precisava escrever meu primeiro texto para o blog, estava um pouco ansiosa e queria escrever algo minimamente  aceitável. Até fiz um rascunho e pensei; agora é fácil, falta apenas revisar. Era véspera de viagem, as malas já estavam prontas, tudo para um trajeto de cerca de 14h. Sempre fui bastante organizada, não tinha o que dar errado.

      Estava tudo programado; era submeter um trabalho, revisar o texto para o blog e cuidar dos últimos detalhes para a viagem. Tudo certo! Só foi uma pena que… a manhã começou comigo sendo acordada com uma ligação às 7h em um dia que poderia dormir até mais tarde. Logo depois me dei conta que meu notebook estava estragado e que não tinha dinheiro nem para o pano de limpar a tela e pra continuar, após assistir A Usurpadora, começaram os sintomas de uma baita de uma intoxicação alimentar que poderia significar o fim da tão esperada viagem.

      Como amo/sou o drama, fui buscar consolo na internet para esses “sofrimentos tão profundos”.  Encontrei  As 8 verdades para serem lembradas quando tudo parece dar errado no blog Viva mais verde. Nessa altura já tinha lamentado com todos as/ os amigas/os possíveis

A dor faz parte do crescimento;grandepensadora-abre

Tudo na vida é temporário;

Ficar se preocupando e reclamando não muda nada;

Suas cicatrizes são os símbolos da sua força;

Cada pequena luta é um passo à frente;

A negatividade das outras pessoas não é problema seu;

O que está destinado a ser, eventualmente será;

 A melhor coisa que você pode fazer é seguir em frente;

      Engraçado que comecei a escrever isso por brincadeira e, de repente, nessa falta do que fazer em meio a goladas de soro encontro o ensinamento pra minha vida: “4- Ficar se preocupando e reclamando não muda nada.”  Como filtrar isso sendo uma pessoa totalmente ansiosa e reclamona? Não sei. Mas verdade foi dita e cabe a mim agora encarar.

      Se viajarei ou não, ainda não tenho como dizer. Se por acaso souberem que fui, torçam para eu chegar inteira e sem nenhum constrangimento em Goiânia. Sou corajosa para isso, afinal, fui ousada o suficiente para ter o primeiro post baseado em uma situação nada interessante como essa. Mas sim, essa quarta verdade merece ser impressa e emoldurada! E ah, o primeiro rascunho escrito fica para a próxima, galera.

😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s